Estados e municípios suspendem parcelas do ICMS e ISS do Simples Nacional:

O Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) aprovou na sexta-feira (3/4) a postergação por 90 dias do prazo de recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Imposto Sobre Serviços (ISS) apurados pelo Simples Nacional.

Desta forma, as empresas enquadradas no Simples Nacional e os microempreendedores poderão desonerar todo o valor a ser pago em tributos e, assim, ganhar fôlego para enfrentar os efeitos da crise gerada pela pandemia da covid-19.

As parcelas com vencimento em abril, maio e junho de 2020 poderão ser pagas, respectivamente, em julho, agosto e setembro.

Já os microempreendedores individuais (MEIs) terão prazo de diferimento maior, de seis meses. Assim, as parcelas que seriam pagas a partir de abril ficam adiadas para outubro.

Quanto aos tributos federais devidos por empresas do SIMPLES, já vige desde 18/03 a prorrogação referente aos meses de março, abril e maio deste ano, que deverão ser pagos em outubro, novembro e dezembro, respectivamente.

CRICIÚMA (48) 3433.9078 | SOMBRIO (48) 3533.0145